sexta-feira, março 30, 2012

Aguardentes Vegetais

Aguardentes vegetais são as que resultam da destilação de vegetais fermentados, tais como:
Melaços de cana-de-açúcar, cactos, etc..

Das mais conhecidas destaco:
Rum; Tequilla; Aguardente de Cana; Toddy; Okolehao

Rum
É uma aguardente obtida a partir da destilação do melaço fermentado da cana-de-açúcar ou resíduos da fabricação do açúcar.
É produzido principalmente nas regiões produtoras de cana-de-açúcar, entre as quais a Jamaica, Porto Rico, Cuba, Venezuela e quase todos os outros países da América Central e do Sul.
No mercado apresentam-se incolores e com características de envelhecimento mais ou menos acentuadas.

Formas de Servir:
Quando simples, deverão ser servidos os incolores gelados e os escuros a temperatura ambiente, embora a forma mais vulgar de os servir seja em composições de bar.

Tequilla
É uma aguardente de vegetais produzida exclusivamente no México, numa pequena região do estado de Jalisco.
A Tequilla consegue-se  a partir da destilação de suco de cactos fermentados "agave azul tequilla", vulgarmente conhecidos por "manguey mexicano".
No mercado apresenta-se incolor e cor de palha, possuíndo graduação alcoólica de cerca de 40º.

Formas de Servir:
Serve-se gelada em conjunto próprio, acompanhada de um gomo de limão e de um saleiro. É também usada em algumas composições de bar.

Aguardente de Cana
Tal como o rum, é também uma aguardente que se obtém através da destilação do melaço fermentado da cana-de-açúcar. Esta aguardente é muito popular no Brasil e na Região Autónoma da Madeira, sendo também conhecida no Brasil como "cachaça".

Formas de servir:
Pode ser servida simples gelada, mas é normalmente utilizada para preparar posições de bar, entre as quais a "caipirinha".

Toddy
É uma aguardente destilada a partir da seiva da palmeira, previamente destilada.

Okolehao
Aguardente produzida no Havai, destilada a partir de raízes da planta "ti", previamente fermentadas. Apresenta-se incolor e com cor de palha.