quinta-feira, março 29, 2012

Marqués de Riscal, Um pouco de História


Foi pela mão de Don Camilo Hurtado de Amézaga, Marquês de Riscal, diplomata espanhol residente em Bordéus, que os primeiros enólogos franceses chegaram a Rioja, em 1858, com o objectivo de ensinarem os produtores da região a fazer vinho com as técnicas utilizadas no Médoc. Dois anos depois, construiu a sua própria adega em Elciego, já sob as especificações Bordalesas, que traziam como principal novidade o estágio prolongado dos vinhos em barricas de madeira. Marqués de Riscal, mantendo-se fiel aos grandes vinhos clássicos de Rioja, está também desde os anos 70 em Rueda, região que ajudou a desenvolver. Em 2006, nas instalações Riojanas de Elciego, foi criada a Cidade do Vinho, um projecto de enoturismo de grande dimensão, originalidade e impacto desenhado pelo arquitecto Frank Gehry, que incluí a centenária adega do Marquês de Riscal, a mais antiga de Rioja.