terça-feira, março 13, 2012

Moscatel de Setúbal


 

Bacalhôa Moscatel de Setúbal Roxo 2000

Bacalhôa Vinhos de Portugal

Falar de Moscatel Roxo é falar de uma fénix renascida. A casta já conheceu os dias tenebrososque antecedem a extinção mas foi salva pelos produtores que acreditaram nas suas virtudes. Hoje mostra vigor e saúde, ainda que a área de vinha continue a ser muito diminuta. Este moscatel roxo tem duas particulariedades: uma, o de ter sido estagiado em barricas que serviram anteriormente para o whisky, e outra o facto dessas barricas terem sido armazenadas numa estufa onde são grandes as amplitudes térmicas entre o verão e o inverno o que favorece o envelhecimento. O resultado é extremamente interessante e não deixa ninguém indeferente. (JPM)

Notas: Excelente finura e frescura de aroma, algum mineral em notas de laranja e outros frutos cítricos, nuances suaves melosas, todo em elegância e sauvidade, boca meio doce, cheia de frescura e muito prazer. (18.5%)

Revista de Vinhos - Prémio Excelência 2011

Fonte: Revista de Vinhos